Lista de Clientes preciso de uma? E agora, como fazer?

Posted on Posted in Digital

Ter uma lista de pessoas interessadas no seu negócio não é uma tarefa difícil, desde que, você saiba as reais necessidades desse público-alvo. Na Internet, as pessoas estão sempre procurando por informações que satisfaçam as suas dúvidas e necessidades. Hoje vivemos na economia da informação e você precisa saber utiliza-la a favor o seu negócio.

 

Meninas vocês conhecem aquele ditado: “É dando que se recebe”?

 

Pois é, assim como na vida, na Internet, as coisas funcionam da mesma maneira, ou seja, você precisa saber criar informação útil e relevante referente ao seus produtos e serviços, as quais satisfaçam as necessidades das pessoas, de modo que, você disponibilize essa informação ou conteúdo gratuitamente em troca do seu e-mail.

Essa estratégia funciona para os mais diversos seguimentos de negócio, sendo que a única restrição é que você já tenha definido o seu público-alvo, pois com base nessa informação, você saberá o que é relevante para ele. Vejamos alguns exemplos.

Para pessoas que estão procurando no Google, “como decorar a sacada”:

  • Se você possui um site que vende produtos de artesanato, você pode disponibilizar um e-book que ensine como decorar sua sacada com produtos reciclados. Perceba que, todas as pessoas que se interessarem por esse e-book, poderão ser possíveis clientes para a compra de produtos recicláveis.

Para pessoas que estão procurando no Google por “sapatos confortáveis dia-a-dia”:

  • Se o seu negócio é uma loja virtual de sapatos, o seu e-book pode listar os 10 modelos de calçados mais indicados para pessoas que trabalham em pé.

Para pessoas que estão procurando no Google, “como fazer a contabilidade do meu negócio”:

  • Ou ainda, se você é contabilista, você pode disponibilizar um material que ensine como um empreendedor individual pode organizar sua contabilidade.

Perceba que, independente do seu negócio ser serviços ou produtos, sempre o objetivo é criar um material informativo, e fazer com que as pessoas que estejam procurando no Google por essas informações, encontrem o seu conteúdo, pois à medida que, você resolve uma necessidade do seu público, sem cobrar por isso, você começa a ter a atenção dessas pessoas e a ganhar credibilidade.  

No entanto, você pode estar se perguntando, por que eu vou ensinar e disponibilizar algo que eu posso vender?

Esse é o grande diferencial dos negócios digitais, o seu cliente não sabe nada sobre você e seu negócio, não confia em você, não há razão para comprar algo que você venda, a menos que, ele saiba que você é uma pessoa íntegra, que seus produtos podem ser bons, que sua loja virtual realmente irá entregar o produto.

 Vamos pensar juntas, você irá disponibilizar um material útil para o seu público, em troca apenas do seu e-mail, isso é muito pouco para essa pessoa, em vista do valor que esse material irá agregar, pois ela estava procurando por isso. Dessa forma, você consegue duas ações instantâneas, a autoridade e atenção.

A autoridade está relacionada sobre você saber e conhecer o que você vende, ser referência para essa pessoa, logo se você disponibilizou um conteúdo tão bom de graça, imagina como devem ser seus produtos ou serviços pagos. Com isso automaticamente, sempre que você mandar e-mail para essa pessoa, você terá a sua Atenção, pois você ajudou com uma informação relevante que ele necessitava naquele momento.

Esse é o ponto chave, você não irá vender para seus clientes ou potencias clientes, logo no começo do relacionamento, mas sim, começará dando-lhe informação e conteúdo útil. A medida que o seu relacionamento for se intensificando, quando você oferecer algum produto ou serviço, para a sua lista, com certeza eles comprarão de você, por dois motivos simples, lembra do “é dando que se recebe”, pois é, essa é uma, entre várias ações, comprovada psicologicamente, sobre o comportamento consumidor, e com certeza já aconteceu com você.

Quantas vezes você recebeu um presente de uma amiga ou um favor e sentiu-se na obrigação de retribuir? Isso acontece com todos nós, pois é uma ação automática de comportamento, sentimos necessidade de dar um presente, se recebemos um, de convidar para jantar, se fomos convidas, enfim é comum no nosso dia-a-dia termos essa sensação.

O segundo motivo é a Confiança, quantas vezes você já comprou algum produto, simplesmente por que sua amiga ou alguém que você confia indicou? Quando nós confiamos em alguém as dúvidas se o produto vai chegar, se é bom, tornam-se mínimas, pois nenhuma amiga irá indicar alguma coisa que possa nos prejudicar.

Você percebe quantas coisas interessantes são possíveis de conseguir, apenas disponibilizando informação relevante, claro que, todos os conteúdos que você criar devem estar relacionados com o que você deseja oferecer posteriormente para o seu público. É o conteúdo que seleciona os seus possíveis clientes.

Então empreendedoras, o primeiro passo, para a construção da nossa lista de e-mail é criamos um material útil, para que o download seja realizado automaticamente quando o nosso público disponibilizar o seu e-mail.  Pense em como você pode criar um conteúdo relevante, sobre o seu produto, pois a criação da lista pode ser realizada através de ferramentas gratuitas disponíveis na Internet, ou seja, você não precisa se preocupar com isso!

Por: Tatiana Oliveira

f

One thought on “Lista de Clientes preciso de uma? E agora, como fazer?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *