A vida de empreendedora está muito solitária?

Posted on Posted in Destaque, Empreendedorismo Feminino, mulheres empreendedoras, Negócios

Ano novo é sempre sinônimo de transformação, ainda mais para nós empreendedores. Temos que tomar decisões difíceis o tempo todo: é cliente reclamando, produto extraviado, (muito) imposto para pagar, fornecedor que atrasa, a lista vai longe.

Independente dos problemas diários, não trocamos essa rotina doida por nenhum CLT com férias e décimo terceiro.

Com toda essa correria, fica difícil parar para pensar na vida, na empresa, fazer planos para o futuro, lembrar de comer, beber água e ligar para a vó no Natal. Mas como diz o ditado:

nenhum CNPJ vale um AVC. Parar para refletir, descansar e recarregar as energias é essencial.

Em um encontro de startups que fui um tempo atrás, um dos palestrantes disse uma coisa que passa pela minha cabeça quando meu dia está meio ruim: a vida de empreendedor é muito solitária, de manhã tudo está dando certo e de tarde explode uma bomba na sua cabeça. As pessoas à sua volta (que não estão no mesmo barco) não entendem por que você se estressa tanto se você está fazendo o que gosta.

Essa declaração me fez refletir sobre minha própria rotina e percebi o quanto é importante trocar essas experiências cotidianas, buscar conselhos e perceber que não estamos sozinhos. É incrível a quantidade de coisas que você consegue aprender em uma simples conversa com outros empreendedores.

Mas como eu faço para encontrar essas pessoas? Um bom jeito de entrar em contato é pelo facebook: existem grupos voltados para quase todo segmento de mercado. Eu, por exemplo, participo de um grupo de e-commerce onde consigo aprender muitas coisas sobre legislação, emissão de NF, etc, simplesmente perguntando no grupo. Muitos outros empreendedores já tiveram o mesmo problema que você e podem te mostrar o caminho das pedras.

Outro jeito bem interessante é participar de encontros presenciais em sua cidade. Procure o Sebrae ou instituições sérias voltadas ao incentivo do ecossistema empreendedor. Mas não fique muito ansioso de trocar cartões ou fazer networking logo de cara. Vá em alguns encontros, veja se o ambiente te agrada e, com o tempo, você acaba conhecendo as pessoas. Não adianta forçar uma interação se o santo não bate. Encontre um grupo com o qual você se identifique com as pessoas e faça um esforço de participar dos eventos com alguma frequência.

Em São Paulo, o ecossistema de empreendedorismo é bem desenvolvido, mas são tantos eventos que as vezes é difícil decidir qual frequentar.  Na dúvida, procurei minha antiga faculdade onde me formei e comecei a participar de eventos organizados por alunos e ex-alunos da USP. Procure sua antiga faculdade e veja se eles possuem grupos voltados para esse fim. Se não existir, junte o pessoal e crie um! Esse também é uma ótima forma de encontrar um grupo com o qual você se sinta mais à vontade pois já possui algum vínculo com a instituição.

Outra alternativa é procurar os aplicativos de celular. Apps como o Meetup ou o Beerorcoffee permitem organizar ou visitar eventos de pessoas próximas com o mesmo interesse em discutir empreendedorismo e trocar experiências. Mas só recomendo essa alternativa caso já tenha tentado todas as outras.E fuja de encontros com pessoas que, no fundo, só querem te vender alguma coisa.

Então já sabem: quando se sentirem solitárias na vida empreendedora, não fique sofrendo sozinha!

Tem muita gente passando pelas mesmas coisas que você e que querem trocar experiências, conselhos e receber dicas. Participe da corrente empreendedora de sua cidade e comece 2016 com o pé direito!

.

    Agnes Helena

Mestra em Arquitetura e Urbanismo graduada pela FAU USP com especialização em restauração e requalificação urbana. Após alguns anos atuando na construção civil com projeto e gerenciamento de reformas comerciais e residenciais, reuniu os conhecimentos acumulados na área e resolveu se aventurar no empreendedorismo, abrindo seu próprio negócio com foco em sustentabilidade e decoração. Atualmente é proprietária da loja virtual Agnolias, dedicada a desenvolver móveis e artigos de decoração feitos com matéria-prima reciclada, posicionando-se no mercado como uma alternativa ecológica e descontraída na esfera da decoração e design de interiores.

sitefacebooklinkedin

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *