3 Dúvidas frequentes quando o assunto é dinheiro

Posted on Posted in Empreendedorismo Feminino, mulheres empreendedoras, Negócios

Para conseguir guardar dinheiro você precisa se organizar e ter foco em um objetivo; para investir direitinho você precisa buscar informações e passar a conhecer um pouco melhor sobre as opções que existem hoje no mercado.

Planeje.  Qual o sinônimo de dinheiro para você?

 

1) Como posso me organizar?

Primeiro passo é realizar uma planilha financeira e não boicotar as anotações. Com ela será mais fácil visualizar a sua receita e também os gastos.  Guarde uma porcentagem do que ganhar para investir.

Calcule  o valor do seu objetivo e quanto precisará guardar por mês ou por ano. Os objetivos serão os mais variados, desde um aparamento novo, uma viagem sabática  ou até mesmo independência!

Independência financeira lhe dará liberdade para negociar um salário melhor ou pedir demissão, bem como ter calma para tomar decisões  e não ter pressa para se jogar em qualquer  oferta de emprego. Independência em relacionamentos, você não é obrigada a ficar  com uma pessoa que lhe trate mal por não ter condições de manter seus filhos ou seu padrão de vida.

Pense em dinheiro como uma forma positiva de você realizar escolhas e boas trocas. Você não troca seu dinheiro por passagens aéreas e euros, você troca seu dinheiro para realizar o sonho de conhecer a Itália, por exemplo.

Mudando a sua forma de pensar sobre o dinheiro e perceber como é bom guardar para realizar sonhos, ficará mais prazeroso o ato de Organização Financeira.

 

2)Tenho dívidas. Por onde começo?

Primeiro passo é pegar papel, lápis e anotar: origem, valor, juros e prazo.
Tente renegociar a dívida para conseguir juros mais baixos.  Se tiver um valor guardado faça uma proposta para quitar a dívida que possui os juros mais altos.

Sempre comece pelo que tem os juros mais altos!

Atenta para o cartão de crédito! Os juros são absurdos: mais de 300% ao ano, por isso é necessário pagar a fatura em dia e ter disciplina na hora de usar.

Não fique pagando a fatura pelo mínimo, pois, com isso terá uma “bola de neve”.

O uso do cartão de crédito deve ser como um substituto da espécie para quem se organiza e sabe seu limite de compras. Não use o cartão para compras que vão além da sua possibilidade financeira. E mais um detalhe: negocie com seu banco a anuidade do cartão.

 

3)Caderneta de  Poupança é um bom investimento?

Poupança não é investimento! Ele vai lhe ajudar a ter o hábito de guardar o dinheiro enquanto decide o que fazer com ele, para não deixar na conta corrente e acabar gastando com outras coisas. Não é vantagem deixar seu $$ na poupança como investimento, uma vez que sua rentabilidade não supera a inflação. Confira o  artigo publicado no Donna sobre o assunto 

Todos somos capazes de aprender, e hoje temos infinitas ferramentas para o aprendizado. Busque informações sobre investimentos  através da internet, livros, cursos, palestras e converse com seu gerente e agentes financeiros, fale com amigos que são acostumados a investir, ouça a experiência deles e depois investigue, veja se o investimento que foi bom para ele seria interessante para você também.

Não existe milagre para ganhar dinheiro, existe sim formas de investir.  O raciocínio necessário é calcular se o  investimento  escolhido lhe trará um retorno $$,  quais os riscos e a liquidez. Liquidez é a facilidade de transformar o investimento X em dinheiro.  Alguns investimentos possuem prazos para você realizar o resgate.

Importante é variar os investimentos, não deixar tudo em uma única opção. Poderia deixar  50%-60% em algum tipo de renda fixa para ser mais conservadora e o restante dividir em outros investimentos.

 

Essas foram as dúvidas mais frequentes sobre o assunto, e como podemos ver, tudo depende somente de nós mesmas. Basta começar, não deixe para amanhã ou nas mãos de terceiros todo o seu dinheiro. Precisamos aprender a cuidar com carinho do que é nosso.

 

  aldrey-avatar Aldrey Zago Menezes

Co-founder e responsável pelo setor operacional da AZM assessoria em câmbio. Pós graduada em Direitos Difusos e coletivos. Triatleta. Adora treinar, viajar, ler, comer e novos desafios. Colunista da Emdime e Negócio Feminino.

facebooksite

f

2 thoughts on “ 3 Dúvidas frequentes quando o assunto é dinheiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *